Aprenda a fazer Impressões 3D para a sua casa!

Aprenda a fazer Impressões 3D para a sua casa!

A todo momento nos vemos com o desejo de consumir produtos que nos proporcionem mais conforto, facilitem o nosso dia-a-dia, e que tornem a nossa rotina ainda mais agradável dentro de nossas casas. E se você tivesse meios para produzir os seus próprios utensílios e objetos, de forma sustentável e por um custo muito menor?

Vaso de Plantas _ 3D CultsSuporte Gadgets_ 3D _Cults

 

 

 

 

 

 

Existem mais de 50 sites que funcionam como bibliotecas de arquivos para impressão 3D, disponibilizados de forma gratuita ou paga, como o Cults3D, YouMagine, MyMiniFactory e Thingiverse, entre os mais conhecidos.

Impressora 3D _ Site Cults

E para você que pensa em comprar uma impressora 3D, mas não sabe bem como funciona, resumimos em alguns passos como deverá ser a sua primeira experiência com esta tecnologia.

Impressão 3D em 7 passos

Após abrir a caixa, retire a máquina e a posicione sob uma superfície firme e estável, de preferência longe de qualquer corrente de ar, e em um local com a umidade mais baixa possível. Se atente para remover todos os lacres e seguir todos os passos indicados no manual que acompanha a sua impressora, para que possa dar início aos primeiros passos de uso.

  • Nivelamento da plataforma de impressão

Um dos principais processos que você irá realizar periodicamente, para que a sua máquina sempre funcione da forma correta, é nivelar a plataforma de impressão (ela precisa estar reta!). Para isso, existe um processo simples, no qual você coloca um teste para imprimir, e analisa a aparência do filamento depositado, na plataforma de impressão.

Nas áreas onde o filamento estiver com pouca adesão e aparência fina, aproxime o bico extrusor da plataforma de impressão. Basta passar o dedo levemente sobre a impressão e verificar se a mesma se solta da plataforma. Caso precise fazer ajustes, gire a porca que fica abaixo da plataforma no sentido horário, para aproximá-la do bico extrusor. Se estiver com uma aparência espremida, ou até falha, você deverá afastá-los, girando a porca em sentido anti-horário.

Clique no link para download do teste: Teste de Nivelamento 13x13cm e Teste de Nivelamento 21x21cm

Lembre-se de expandir o arquivo para conseguir abranger a maior parte da plataforma de impressão, trazendo resultados mais precisos.

  • Calibração da altura do nozzle (bico extrusor)

Em alguns casos é necessário que você realize também a calibração da distância entre o bico e a plataforma de impressão (configurações da impressora).

O método universal para esta regulagem, é inserir uma folha sulfite comum entre as duas partes mencionadas, e descer a extrusora (ou subir a plataforma) até que a mesma repouse sobre a superfície. Puxe a folha, o bico deve causar uma certa resistência, marcando levemente a folha utilizada.

  • Alimentação do filamento

Sem papel, uma impressora comum não imprime, e o mesmo acontece se você não abastecer sua máquina com filamento adequado. Se atente para as capacidades da sua impressora e use material correto e de qualidade comprovada. O PLA, fabricado a partir do amido de milho, é biodegradável, fácil de usar e atóxico. Por conta dessas características, o ele é um produto ecologicamente aceito, e o filamento mais utilizado no mundo.

  • Projeto em 3D | Arquivo para impressão

Entenda que uma impressão 3D sempre parte de um projeto digital, desenhado nas 3 dimensões (LxAxP). Ele pode ser baixado gratuitamente de sites como o thingiverse.com, youmagine.com, myminifactory.com, entre outros, ou pode ser desenhado por mãos de amadores (tinkercad.com) ou profissionais (Sketch Up, SolidWorks, AutoCad, etc). Todos estes projetos deverão ser exportados em formatos compatíveis. Apesar do principal formato ser o STL, existem outros como: 3MF e OBJ.

  • Software para preparo de impressão (fatiador)

Após baixar ou produzir o seu projeto, você irá abri-lo no programa que prepara a impressão, o software fatiador. Sua principal função é ‘fatiar’ o objeto 3D, transformando-o em várias camadas, o que possibilitará a sua impressão. Os softwares mais utilizados para isso são o Flashprint, da Flashforge, e o Cura, da Ultimaker. Neles você poderá reposicionar, replicar, redimensionar e configurar todos os parâmetros desejados, para obter os melhores resultados.

  • Imprimir!

Utilizando os meios de transferência disponíveis (pendrive, cartão SD, cabo USB ou WiFi), você poderá dar início ao processo de materialização do seu projeto. Uma dica importante é para que você sempre retire o filamento que escorre, com o aquecimento da sua extrusora, para evitar futuros obstáculos e acúmulos na sua superfície de impressão. Lembre-se de analisar a aparência da primeira camada impressa, assim será mais fácil de prever se você terá bons resultados.

  • Acabamento

Assim que a impressão terminar, utilize uma espátula ou estilete (com cuidado!) para retirar a peça da plataforma. Retire os suportes de sustentação com alicates, e os detalhes menores você pode buscar por ferramentas apropriadas para o uso. E é no resultado final que você analisa o que precisa ser melhorado.

Banner _ Impressora 3D

E para adquirir sua impressora 3D, acesse o nosso site AQUI, ou compre com um de nossos parceiros.

Caso tenha dúvidas, ou queira o catálogo dos modelos, entre em contato através do whatsapp (44)99819-0064, ou pelo e-mail: caio.hasegawa@oderco.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *