Nome dos processadores Intel, saiba como identificar!

Nome dos processadores Intel, saiba como identificar!

A Intel é uma das maiores fabricantes de processadores do mundo, e geralmente divide seus produtos por linhas. Saber qual atende suas necessidades é fundamental para não errar na escolha. Neste artigo queremos ajudá-lo a decifrar o significado do nome dos processadores Intel, e assim escolher com mais propriedade o modelo ideal para você. Confira:

Qual a importância do nome dos processadores Intel?

Os nomes funcionam como uma chave para entender as principais características do processador. Eles são bastante úteis na hora de escolher o modelo do CPU, e trazem informações importantes sobre desempenho, recursos e utilidade.

De modo geral, podemos afirmar que o Core i7 é superior ao i5, que também é melhor que o i3. No entanto, a análise pode ser superficial porque apenas adquirir o i7 não significa que todas suas expectativas serão atendidas. Tudo depende das demais configurações, que estão descritas no nome dos processadores Intel.

Qual o significado do nome dos processadores Intel?

Na maioria das vezes, a nomenclatura segue a mesma estrutura. Em primeiro lugar temos a marca e depois a família de processadores, maneira que a Intel utiliza para separar seus produtos. Entre eles, podemos citar o Celeron e Pentium, que são modelos de entrada, e o famoso Core, que possui bastante variações e atende diversas necessidades.

Como o Core pode servir tanto para uso doméstico quanto corporativo, o código que aparece na sequência indica a subdivisão de performance. O i3, por exemplo, indica que o processador é bom para uso cotidiano como tarefas básicas e jogos leves. Já, o i9, oferece desempenho alto para aplicações e games mais exigentes.

Logo em seguida, aparece o código SKU com a indicação da geração que ele faz parte. A mais recente lançada pela Intel é a 11ª geração, que nós já apresentamos suas vantagens aqui no blog neste texto. Os demais números representam as variações do processador, e também indicam sua progressão de performance.

Por último, podemos ver o sufixo, que são as letras finais do nome. Elas são uma das partes mais importantes porque indicam quais recursos foram adicionados e quais melhorias ele apresenta. Abaixo seguem algumas letras que vale entender seu significado:

– K: O modelo é desbloqueado para overclock, e pode ser modificado pelo consumidor;

– F: Ele não traz gráficos integrados e necessita de placa de vídeo dedicada;

– G: São modelos com com gráficos adicionais dedicados;

– T: Eles são mais eficientes para desktop compactos de uso cotidiano;

– H: São modelos voltados para notebook de alto desempenho e gamer;

– Y: São voltados para sistemas compactos, tem baixo consumo e aquecimento.

Como escolher do jeito certo?

Para quem planeja montar um computador, nós já apresentamos algumas dicas sobre como escolher o processador mais adequado para cada necessidade. Se você quiser conferir, pode acessar nosso artigo sobre o tema neste link. Já, para quem busca computadores prontos, conhecer os códigos acima pode fazer diferença na hora da compra.

A Skul Computadores, que faz parte da Oderço, uma das maiores distribuidoras de informática e eletrônicos do Brasil, oferece diversas configurações de processadores. Seja qual uso doméstico, corporativo ou gamer, a marca tem o melhor custo benefício do mercado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *